Venha para Itacaré na Bahia (73) 9 9825-4455    (73) 3251-2527
Roteiro de praias e chocolates em Itacaré, na Bahia Roteiro de praias e chocolates em Itacaré, na Bahia Início Acomodações Atrativos Como Chegar Reservas Blog Fale Conosco
Roteiro de praias e chocolates em Itacaré, na Bahia  

Roteiro de praias e chocolates em Itacaré, na Bahia

A quase deserta praia de Itacarézinho Foto: Serjão Carvalho/Estadão ITACARÉ - Chocolate é salada. Guarde com você este pequeno absurdo autoindulgente. Então, compre uma passagem para Ilhéus. E prepare o paladar – e os outros sentidos – para descobrir ou redescobrir um pedaço do litoral da Bahia que, já consagrado como destino de sol e mar, vem se tornando polo gastronômico singular nesse enorme Brasil tão diverso em sabores.  Singular porque os 180 quilômetros entre Canavieiras e Itacaré (incluem as cidades de Ilhéus, Itabuna, Santa Luzia, Una e Uruçuca), que sempre tiveram sua fama atrelada ao cultivo do cacau, e sua mítica alimentada pela literatura de Jorge Amado, seus coronéis e sua Gabriela, recentemente vêm se tornando um polo produtor de chocolates finos. De fornecedores de cacau mediano para a grande indústria, os produtores vêm cada vez mais investindo em se tornar chocolateiros de alta qualidade. Em 2013, eram três marcas autorais. Atualmente, são mais de 70. “Foi o turismo que fomentou a produção de chocolate na região”, disse Marco Lessa, produtor de cacau e chocolateiro que já atuou como presidente da Associação de Turismo de Ilhéus e do Costa do Cacau Conventions e Visitors Bureau. O roteiro temático do chocolate na Costa do Cacau é jovem e vem sendo implantado aos poucos. Epicentro do projeto, a Estrada do Chocolate foi oficializada em 2017. Liga os municípios de Ilhéus e Uruçuca, pontuada de fazendas onde é possível conhecer todo o processo de produção do chocolate, do plantio do cacau até a fabricação do doce. O site ainda é bem inicial, mas traz uma lista de propriedades para visitar: estradadochocolate.com.br/site. As visitas devem ser agendadas com cada uma das propriedades (leia mais abaixo).   Passeios na região permitem ver o cacau na floresta e depois degustá-lo nas fábricas  Foto: Serjão Carvalho/Estadão ITACARÉ As atrações chocolateiras não se resumem à Estrada do Chocolate. Há fazendas abertas à visitação também em outros pontos, além de lojas. Nem as delícias dessa viagem vêm apenas em forma de barras e bombons. Dona de uma das maiores faixas contínuas de Mata Atlântica preservada do País, a região há muito tempo encanta pelas praias, pelas ondas para o surfe (as de Jeribucaçu chegam a 3 metros), pelo rafting no Rio de Contas. Nesta visita à região, há duas semanas, fiquei hospedada em Itacaré, no supercharmoso Txai Resorts. Foi uma base excelente para relaxar na praia e para visitar fazendas de pequeno e grande porte produtoras de cacau, que fornecem amêndoas para a marca paulista de chocolates Dengo, atualmente uma das grandes investidoras no cacau do sul da Bahia. O ovo de Páscoa Dengo recheado com vinho de cacau foi escolhido o melhor do ano na categoria cacau nacional, na seleção feita pelo suplemento Paladar, do Estado, com resultados divulgados na última quinta-feira (leia em bit.ly/ovosdepascoapaladar). Em uma dessas caminhadas na mata, comendo a polpa de um cacau colhido na hora, decidi morder uma das amêndoas – as sementes que ficam dentro do fruto e são posteriormente fermentadas e secas para a fabricação do chocolate. Fiz isso contrariando a recomendação dos guias, que cansam de repetir que o sabor da amêndoa crua é amargo demais. Até é verdade, mas também achei que tinha sim um quê de sabor de chocolate. E então voltamos ao ponto de partida: se o chocolate vem do cacau, que vem do cacaueiro, que é uma planta, chocolate é salada. Pelo menos foi nisso que me apeguei para nem pensar em culpa pelas degustações ao longo da viagem.

 

Ilhéus
A quase deserta praia de Itacarézinho Foto: Serjão Carvalho/Estadão

ITACARÉ - Chocolate é salada. Guarde com você este pequeno absurdo autoindulgente. Então, compre uma passagem para Ilhéus. E prepare o paladar – e os outros sentidos – para descobrir ou redescobrir um pedaço do litoral da Bahiaque, já consagrado como destino de sol e mar, vem se tornando polo gastronômico singular nesse enorme Brasil tão diverso em sabores. 

Singular porque os 180 quilômetros entre Canavieiras e Itacaré (incluem as cidades de Ilhéus, Itabuna, Santa Luzia, Una e Uruçuca), que sempre tiveram sua fama atrelada ao cultivo do cacau, e sua mítica alimentada pela literatura de Jorge Amado, seus coronéis e sua Gabriela, recentemente vêm se tornando um polo produtor de chocolates finos.

De fornecedores de cacau mediano para a grande indústria, os produtores vêm cada vez mais investindo em se tornar chocolateiros de alta qualidade. Em 2013, eram três marcas autorais. Atualmente, são mais de 70. “Foi o turismo que fomentou a produção de chocolate na região”, disse Marco Lessa, produtor de cacau e chocolateiro que já atuou como presidente da Associação de Turismo de Ilhéus e do Costa do Cacau Conventions e Visitors Bureau.

roteiro temático do chocolate na Costa do Cacau é jovem e vem sendo implantado aos poucos. Epicentro do projeto, a Estrada do Chocolate foi oficializada em 2017. Liga os municípios de Ilhéus e Uruçuca, pontuada de fazendas onde é possível conhecer todo o processo de produção do chocolate, do plantio do cacau até a fabricação do doce. O site ainda é bem inicial, mas traz uma lista de propriedades para visitar: estradadochocolate.com.br/site. As visitas devem ser agendadas com cada uma das propriedades (leia mais abaixo).

Ilhéus
Passeios na região permitem ver o cacau na floresta e depois degustá-lo nas fábricas  Foto: Serjão Carvalho/Estadão

ITACARÉ

As atrações chocolateiras não se resumem à Estrada do Chocolate. Há fazendas abertas à visitação também em outros pontos, além de lojas. Nem as delícias dessa viagem vêm apenas em forma de barras e bombons. Dona de uma das maiores faixas contínuas de Mata Atlântica preservada do País, a região há muito tempo encanta pelas praias, pelas ondas para o surfe (as de Jeribucaçu chegam a 3 metros), pelo rafting no Rio de Contas.

Nesta visita à região, há duas semanas, fiquei hospedada em Itacaré, no supercharmoso Txai Resorts. Foi uma base excelente para relaxar na praia e para visitar fazendas de pequeno e grande porte produtoras de cacau, que fornecem amêndoas para a marca paulista de chocolates Dengo, atualmente uma das grandes investidoras no cacau do sul da Bahia. O ovo de Páscoa Dengo recheado com vinho de cacau foi escolhido o melhor do ano na categoria cacau nacional, na seleção feita pelo suplemento Paladar, do Estado, com resultados divulgados na última quinta-feira (leia em bit.ly/ovosdepascoapaladar).

Em uma dessas caminhadas na mata, comendo a polpa de um cacau colhido na hora, decidi morder uma das amêndoas – as sementes que ficam dentro do fruto e são posteriormente fermentadas e secas para a fabricação do chocolate. Fiz isso contrariando a recomendação dos guias, que cansam de repetir que o sabor da amêndoa crua é amargo demais. Até é verdade, mas também achei que tinha sim um quê de sabor de chocolate.

E então voltamos ao ponto de partida: se o chocolate vem do cacau, que vem do cacaueiro, que é uma planta, chocolate é salada. Pelo menos foi nisso que me apeguei para nem pensar em culpa pelas degustações ao longo da viagem.

Palavras Chaves:

Pousada em Itacaré, itacare brazil surfing, itacare brazil swimwear, itacare brazil weather, itacare brazil real estate, itacare brazil airport, itacare brazil safety, itacare brazil map, itacare brazil hotels, itacare brazil nightlife

 
Mais Postagens
(73) 3251-2527
(73) 9 9825-4455
Roteiro de praias e chocolates em Itacaré, na Bahia
Travessa Castro Alves, 7 - Centro
Itacaré - BAHIA, Brasil 45530-000
Roteiro de praias e chocolates em Itacaré, na Bahia
E-mail:
reservas@opharolhostelepousada.com
Roteiro de praias e chocolates em Itacaré, na Bahia
Travessa Castro Alves, 7 - Centro
Itacaré - BAHIA, Brasil 45530-000
 
Roteiro de praias e chocolates em Itacaré, na Bahia
(73) 3251-2527
(73) 9 9825-4455
 
Roteiro de praias e chocolates em Itacaré, na Bahia
E-mail:
reservas@opharolhostelepousada.com
O Pharol Hostel e Pousada
 
INÍCIO SOBRE NÓS ACOMODAÇÕES ATRATIVOS COMO CHEGAR RESERVAS BLOG FALE CONOSCO
Intuição Digital - Criação de site