Venha para Itacaré na Bahia (73) 9 9825-4455    (73) 3251-2527
Início Acomodações Atrativos Como Chegar Reservas Blog Fale Conosco
 

Dicas e Novidades

Tudo que você precisa para se divertir em Itacaré

Torneio de Beach Rugby
Itacaré vai sediar, pelo segundo ano consecutivo, o Torneio de Beach Rugby ou Rugby de Areia, um evento que contará com a participação de diversas equipes da Bahia e que é considerado como um dos esportes que mais cresce no Brasil atualmente e no mundo. O evento acontecerá no dia 27 de abril, na Praia da Coroinha, na orla da cidade.O torneio é uma iniciativa do professor de educação física Alejandro Elias, mais conhecido como Turco, praticante da modalidade, com o apoio da Prefeitura de Itacaré, através da Secretaria de Juventude, Esporte e Cultura. As inscrições para participar do evento já estão abertas e podem ser feitas através do telefone 73-99996-8301.   Contato: Inscrições☎ 73 - 99996 8301
Itacaré entre os cinco destino mais procurados para Semana Santa na Bahia.
Nem só de chocolates vive a Páscoa. Embora o consumo de ovos de chocolate deva aumentar esse ano, quem aproveita o feriado também pensa em viagens e ajuda a movimentar a indústria do turismo. Por conta do feriado na Semana Santa – que este ano cai entre os dias 19 e 21 de abril (de sexta a domingo) -, muita gente aproveita para descansar ou conhecer um lugar novo. Uma pesquisa de ocupação hoteleira realizada no ano passado apontou os destinos mais procurados por quem viaja pela Bahia no período. São cinco locais. Segundo informações da Secretaria de Turismo do Estado da Bahia (Setur), os lugares baianos mais procurados foram Praia do Forte, Porto Seguro, Itacaré, Morro de São Paulo e Ilhéus. *CORREIO
Será que grávida pode viajar de avião sem restrições?
A princípio não há problema em viajar de avião no primeiro e segundo trimestres de gestação (até 27 semanas), desde que você não tenha complicações médicas como sangramento vaginal, diabete, pressão alta ou não tenha tido um parto prematuro no passado -- nesses casos, é recomendável esperar um sinal verde do obstetra. Fale com o médico também se for para o exterior, porque ele pode dar alguma orientação mais específica.Entre 28 e 36 semanas, normalmente é possível viajar de avião, mas algumas companhias aéreas têm restrições, devido ao risco de um parto prematuro. Não que ninguém vá perguntar se você está grávida na hora de vender a passagem, mas você poderá ser questionada bem no portão de embarque e ter que passar por um sufoco de última hora. Por isso cheque antes a política da empresa em que pretende voar e, se for preciso, peça um atestado para o médico. Saiba, porém, que em alguns casos, no finalzinho da gravidez, a partir de 36 semanas, o voo pode só ser permitido com a presença do próprio médico junto com a passageira no avião.   Não se esqueça de levar em conta com quantas semanas estará na hora de voltar para casa. Além disso, gestantes não devem voar em aviões pequenos demais, que não tenham cabines pressurizadas. As restrições das empresas não devem ser os únicos fatores a se pensar. Lembre-se de que, em condições normais, não demora muito para qualquer pessoa se sentir extremamente desconfortável no assento de um avião. Agora imagine como vai ser com você de barrigão e tendo que levantar a toda hora para fazer xixi. Seja também realista quanto à possibilidade de uma emergência médica longe de casa. Será que vale arriscar ter contrações antecipadas bem no meio de um safári na savana africana ou no coração da selva amazônica? Sempre que viável, tente evitar viagens a locais em que os serviços de urgência não sejam próximos. Viagens de avião durante a gravidez aumentam ligeiramente o risco de trombose e de se desenvolver varizes. Converse com o médico sobre o uso de meias elásticas com algum nível de compressão para ajudar na circulação e aliviar o inchaço das veias durante o voo. Em casos de jornadas muito longas, pode ser dado um remédio para a circulação em determinadas circunstâncias. O que você pode fazer por conta própria é tomar bastante água ao longo de todo o voo, levantar-se para caminhar um pouco pela cabine a cada uma hora, aproximadamente, e trocar a posição das pernas com frequência.Talvez você até tenha ouvido falar que a exposição à radiação natural durante viagens de avião possa elevar o risco de aborto espontâneo ou de o bebê nascer com anomalias. A realidade, segundo os médicos, é que pessoas que viajam a negócios com frequência têm, sim, um pequeno risco a mais de ter um dos dois problemas, mas esse risco é irrisório para mulheres que voam umas poucas vezes ao ano.No caso de tripulantes de avião, de acordo com as próprias normas da Agência Nacional de Aviação Civil (Anac), comissárias de bordo não podem trabalhar em voos durante toda a gravidez e devem ser transferidas para funções administrativas, em terra, até o fim da gestação.
Península de Maraú: Faça um passeio pelas ilhas da Baía de Camamu, passando pela Cachoeira do Tremembé
As praias do continente são lindas, mas quem tiver tempo na região pode investir também em passeios pelas ilhas da Baía de Camamu. A lancha parte do píer de Barra Grande e tem como pontos principais de visita a Ilha da Pedra Furada, Ilha do Goió e Ilha do Sapinho. Há passeios que incluem ainda a Cachoeira do Tremembé, com queda d’água no rio, em meio ao visual do mangue. O passeio pode ser feito também a partir de Itacaré, onde é provável que esteja incluída a visita às piscinas de Taipu de Fora. Se estiver em Itacaré, não deixe de conhecer a Península de Maraú. Mesmo que seja uma passeio corrido, valerá cada segundo.
Península de Maraú: Experimente o tempero baiano
Impossível falar do litoral da Bahia sem mencionar o tempero baiano. Entre moquecas, bobós, peixes fresquinhos e muita carne de sol você irá se deliciar a cada refeição. Os principais restaurantes da Península de Maraú estão localizados em Barra Grande e Taipu de Fora. Muitos estão à beira-mar, com direito a pé na areia. Para curtir uma boa refeição e, de quebra, o belo visual, invista em Taipu de Fora e na Ponta do Mutá. No vilarejo de Barra Grande, especialmente à noite, o movimento também é grande. Ótima pedida para o jantar. Veja mais sobre onde comer em Taipu de Fora e Barra Grande.
Península de Maraú: Almoce à beira do Rio Carapitangui
As praias são as grandes estrelas de Taipu de Fora, mas há uma deliciosa porção de água doce que rouba o coração dos visitantes. O Rio Carapitangui agrada tanto pelo visual quanto pelo banho refrescante. Uma deliciosa faixa de areia divide o mar do rio e permite que os turistas circulem entre a água doce e salgada. Uma boa pedida para curtir a área é sentar-se à beira do Rio Carapitangui para um almoço caprichado no Bar da Rô. Entre uma cerveja e outra, não se esqueça de dar um mergulho. Veja mais sobre onde comer em Taipu de Fora e Barra Grande.
Península de Maraú: Percorra a Península de Maraú em um quadriciclo
As estradas da Península de Maraú são de péssima qualidade para os carros, porém garantem a diversão de quem aluga um quadriciclo. O veículo é ideal para percorrer a região e permite fazer trajetos que os carros não alcançam, como a trilha das bromélias (caminho entre Taipu de Fora e a Lagoa do Cassange). Aproveite para conhecer as praias mais distantes, que são sempre mais desertas e dão um certo ar de paraíso à região. No trajeto, suba ao topo do Morro do Farol para ver toda a península do alto. 
Península de Maraú: Não deixe de ir à Praia de Algodões
Ainda pouco conhecida entre os turistas, a Praia de Algodões é daqueles pedacinhos escondidos em meio ao paraíso. Primeira praia da Península de Maraú e distante 22 km de Barra Grande, a Praia de Algodões passa esquecida por muitos viajantes. O deslocamento é chato, a estrada é de péssima qualidade e as jardineiras custam caro até lá. Para visitar a Praia de Algodões, será necessário ir de carro ou quadriciclo. E vale cada metro da estrada! Algodões tem extensa faixa de areia com longo trecho deserto. No vilarejo onde estão as pousadas, casas e restaurantes, a formação de piscinas naturais deixa o cenário ainda mais impressionante. Visita imperdível para os amantes de praias desertas.
Península de Maraú: Assista ao pôr do sol na Ponta do Mutá
Há lugares no mundo onde o pôr do sol ultrapassa a barreira da beleza e se torna um espetáculo inesquecível. E a Ponta do Mutá é um desses casos maravilhosos. Se você tem um amigo que já esteve na Península de Maraú, certamente irá ouvir como dica que o entardecer nas areias da Praia da Ponta do Mutá é imperdível. Acredite! Nada que te disserem chegará aos pés do verdadeiro espetáculo. A Praia da Ponta do Mutá reflete a cor do entardecer de uma maneira inacreditável. E o cenário é diferente a cada dia. Vale ir até lá durante toda a viagem. Varie apenas o local do drink. Há diversos bares na orla da praia que oferecem o complemento ideal para o momento. Claro que também vale simplesmente se sentar na areia e apreciar o visual, que por si só já é uma bela atração. Não deixe de ir à Praia de Algodões
Península de Maraú: Tire o dia para caminhar de Taipu de Fora até a Ponta do Mutá
A faixa de areia que liga Taipu de Fora à Ponta do Mutá é um percurso paradisíaco. São 6 km de cenários praticamente desertos que separam as duas praias, passando ainda pela Praia da Bombaça e a Praia de Três Coqueiros. Para aproveitar bem o passeio, o ideal é começar pela manhã em Taipu de Fora, ainda durante a maré baixa. Assim, será possível curtir as piscinas naturais com calma. Depois do mergulho, siga em caminhada rumo à Praia da Bombaça e aproveite um almoço caprichado na Praia de Três Coqueiros, com uma boa moqueca baiana. Ao final da tarde, certifique-se de estar na Praia da Ponta do Mutá para o melhor pôr do sol da região. Um belo roteiro para um dia na Península de Maraú.
Península de Maraú: Nade nas piscinas naturais de Taipu de Fora
Este é o cenário que ajudou a dar fama à Península de Maraú. As piscinas naturais da Praia de Taipu de Fora são de beleza irretocável. Para conhecer as piscinas, não é preciso fazer passeios de jangada ou barco. Basta alguns passos depois da areia para já estar mergulhado na beleza do lugar. As piscinas naturais de Taipu de Fora só podem ser observadas na maré baixa, preferencialmente nas luas nova e cheia, quando a variação de maré é maior. Para ver na prática a imagem das fotos que tornaram Taipu de Fora famosa, será necessário dar a sorte de a maré baixa estar aliada a um belo dia de sol. Ah! Não esqueça o snorkel! Peixinhos coloridos fazem a festa dos turistas nos corais de Taipu de Fora.
Península de Maraú: Vá a todas as praias
A Península de Maraú não é uma região tão grande e é possível percorrer todas as praias em poucos dias. Uma semana é mais que suficiente para conhecer as porções de areia disponíveis e ainda repetir as suas prediletas. Vale começar o percurso pela Praia de Taipu de Fora, onde estão as piscinas naturais e a faixa de areia é bem longa, o que permite um bom passeio. E como Taipu de Fora não é a única praia, não se apegue apenas a ela. Visite também as praias de Barra Grande, onde está a Praia da Ponta do Mutá, a Praia de Três Coqueiros, a Praia da Bombaça e a Praia de Barra Grande. Um pouco mais afastadas, visite a lindíssima Praia de Algodões, a Praia do Cassange e a Praia de Saquaíra. Se houver tempo disponível, vale fazer ainda um passeio para as ilhas da região. Veja mais sobre as praias de Taipu de Fora e Barra Grande.
(73) 3251-2527
(73) 9 9825-4455
Travessa Castro Alves, 7 - Centro
Itacaré - BAHIA, Brasil 45530-000
E-mail:
reservas@opharolhostelepousada.com
Travessa Castro Alves, 7 - Centro
Itacaré - BAHIA, Brasil 45530-000
 
(73) 3251-2527
(73) 9 9825-4455
 
E-mail:
reservas@opharolhostelepousada.com
O Pharol Hostel e Pousada
 
INÍCIO SOBRE NÓS ACOMODAÇÕES ATRATIVOS COMO CHEGAR RESERVAS BLOG FALE CONOSCO
Intuição Digital - Criação de site